Ela é mulher - Escritora B. Pellizzer

sexta-feira, 11 de março de 2022

Ela é mulher

 Todas as manhãs, quando se levanta, não importa o tipo de sapato que calce, ela está sempre pronta para dominar o mundo.

E assim o faz.
Um sorriso por vez, uma criança por vez, um homem, uma outra mulher, uma batalha que parece perdida por vez.
E, às vezes, parece que lhe custam as partes do próprio corpo, então ela recolhe seus pedaços, tenta se fazer inteira, olha para as partes de si mesma enquanto tenta se reconstruir, e se pergunta se não seria melhor parar.
Desistir só por aquele dia.
Deixar um pedaço — só um pedacinho — para trás.
Mas ela não deixa. Ela nunca deixa. Mesmo que não saiba mais onde encaixar aquela parte de si que parecia tão importante quando saiu da cama, ela carrega junto consigo porque sabe que pode ser necessária para alguém.
Outro alguém.
Qualquer alguém.
Ao final do dia, da hora, da batalha, ela deseja o fim da guerra porque está cansada, mas a guerra nunca acaba.
E ela nunca desiste.
Tira os sapatos, deita a cabeça no travesseiro e recomeça tudo no dia seguinte.
Ela é uma mulher.
Ela precisa.
Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário